terça-feira, 2 de outubro de 2007

A abordagem

Saudações heterossexuais meus amigos..
Se você chegou até aqui, sinta-se um felizardo. No nosso primeiro contato vamos falar sobre a introdução, literalmente falando.

O primeiro contato:

Toda mulher gosta de algo diferente, feijão com arroz quem gosta é operário. Você deve ter em mente que toda mulher é vulnerável, toda ela tem um ponto fraco, nossa tarefa é apenas encontrá-lo. Diferentemente do que muitos pensam, nem sempre esse ponto fraco é fisiológico, as mulheres, ao contrário dos homens, precisam de algo mais que o toque, saiba se portar em frente à mulher, saiba entendê-la e agradá-la. E ai está o grande problema, todo ser tem suas fantasias, seus gostos, suas vontades. Então, como atrair a presa para a armadilha?
Com certeza esse passo é fundamental, saber como agradar é tão difícil quanto conseguir se manter agradável. Conhecer cada vítima é fundamental para o sucesso da missão. Isso hoje em dia, com o advento da internet e sua larga utilização é cada vez mais fácil, basta a você ser inteligente o suficiente para saber onde e como procurar.

Período investigativo:

O orkut por exemplo, é o lugar mais fácil de se conhecer sua vítima, olhe suas comunidades, suas fotos e scraps, informações preciosíssimas para o movimento das peças no xadrez. Tente seduzí-la com as informações que ela mesma dá. Não tente parecer o mestre de todos os assuntos que ela gosta, afinal, provavelmente ela deve entendê-los bem melhor que você, diga apenas que simpatiza, que acha interessante e demostre interesse em apredê-los, com sorte e competência, ela poderá se oferecer pra ensiná-los.

Uma bela vez conheci uma garota, no começo ela não quis dizer seu nome, apresentou-se apenas através de um apelido que ligava diretamente ao seu nome, por exemplo "Lu", durante a conversa tratei de saber qual o curso que ela fazia e a faculdade (para saber se tínhamos conhecidos em comum). Com o novo conhecimento tratei de procurar as comunidades relacionadas ao curso e a faculdade onde ela estudava. Por ser um curso e uma faculdade bastante procurada, mandei um link de uma comunidade do orkut para ela fazer o login, para evitar ficar procurando entre os milhares de membros das comunidades, ao fazer o login... Bang.. Lá estava seu perfil entre os primeiros membros das comunidades, reconheci pela foto e pelo seu nome, que possuia uma grafia bastante diferente da sua forma mais conhecida. Tratei logo de fuçar suas comunidades, numa rápida pesquisa ao google já fui colhendo informações sobre os assuntos e pude, enfim chamar sua atenção de uma forma mais produtiva.

É difícil entender um ser tão complexo como o ser humano, impossível é entender as mulheres, porém jamais deveremos esquecer que não somos tão diferentes assim.

6 comentários:

Bia disse...

O senhor é a sagacidade em pessoa hahaahahaha.

Prova também de que quando querem, homens podem ser mais espertos do que imaginamos =]

Bjux!

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado

Bento disse...

Cara, achei Que só eu fuçava as comunidades...
Assim eu sei de td que ela gosta e naum gosta... rsrs

Bento.

Lúcio disse...

Até que enfim, me sinto em casa !!! Cara, que coisa incrível !! No texto da Pegada Fase Avançada, sobre massagear o clitóris, descobri que sempre fiz isso exatamente como o descrito aqui. YES,sou e tenho orgulho de ser cafajeste. Isso pra mim é um estilo de vida, apesar de eu ser casado !Agora, vou discordar desse "Período Investigativo". Para mim, a cosia tem que ser natural, eu vi uma mulher que me interessa e se eu estou bem confiante, vou lá, pego ela pelo braço ou pela cintura, em apresento e falo na cara que a quero, que ela me encanta e começo uma conversa que, pouco tempo depois termina em beijo e em motel. Pronto! E isso eu faço no meu trabalho, na rua, nas baladas, nos forrós...tenho a filosofia de que a qualquer hora, em qualquer lugar, é a hora perfeita.
Dispenso perfeitamente a investigação, por considerar unicamente que é coisa de homem fraco, que cafa que é cafa não escolhe vítima, ele vai lá e....creu !
Ele até escolhe, é ela que não tem escolha, hauhauhauhauhau !
Mas o blog é show, vivam os cafas para sempre !

Gisele Sobreira disse...

Lúcio vc não é cafajeste, vc é canalha.

Gisele Sobreira disse...

Lúcio vc não é cafajeste, vc é canalha.