sexta-feira, 5 de outubro de 2007

O convite

De acordo com minhas pesquisas, 100% das mulheres que já fizeram sexo, não são mais virgens e acredite em mim quando digo que isso facilita E MUITO o seu trabalho. Virgindade, nos dias atuais, não é mais tão tabu, perder a virgindade... ainda o é. É incrível o poder viciante de uma vida sexual ativa, muito mais potente e usado do que qualquer tipo de narcótico, o sexo é consumido pela juventude, como papinha é consumida pelo bebê. Mulheres sexo-dependentes são os alvos mais fáceis de serem fisgados, como dizia Luiz Gonzaga: "Mulher querendo é bom demais!!!".

Então.. vamos começar pelo mais fácil: "Mulheres sexo-dependentes".

Bem.. agora que você já chamou sua atenção, a próxima etapa será o convite. Um bom convite é qualquer um que seja aceito, esse é o convite perfeito, independente do modo que seja proposto. Porém existem formas que devem ser respeitadas para facilitar o efetivamento do mesmo na primeira ocasião. O convite deverá ser absolutamente sutil, jamais o convite deverá ser de uma forma aleatória ou prematuramente. O convite é uma das partes principais, uma vez que você depende dele para consumar o fato, devemos ter em mente que, provavelmente, você não é o único a estar querendo explorar as curvas de sua presa, sempre haverá alguém querendo fisgar sua presa antes que você, portanto, nessa etapa, seu oponente é o seu rival do sexo masculino. Então, cabe a você ser melhor do que ele.
A melhor forma de se fazer um convite é, primeiramente, despertar previamente o interesse da outra parte, falando do programa de forma animada seria o primeiro passo, depois de sentir algum interesse, essa é a hora exata de convocar a presença da presa, ou seja, apenas jogamos a isca e esperamos que ela, por si própria, a fisgue. Tudo isso apenas para não demonstrar o seu verdadeiro intuito, mal sabe ela, que tudo está preparado para o banquete e você será o seu próprio convidado de honra.
Mistério e sedução são coisas que andam juntas, tudo que desconhecemos nos seduz, a busca do novo, experiências novas nos faz sentir o próprio Indiana Jones no Templo da Perdição, saber a hora certa de dar o tiro é vital para o abatimento do alvo, todos os passos devem ser exaustivamente calculados, medidos e escondidos para que a arapuca não seja percebida e assim, desfrutar as "louras" (morenas ou ruivas também) da vitória.
Mas, para onde deve ser o convite? Qual a isca? O modo mais fácil, e também o meu preferido, seria um simples, rápido e econômico, filmezinho em casa.. isso, claro, para quem mora sozinho, ou para quem pode ter a facilidade de ficar por um bom tempo só em casa, principalmente o fato de poder dormir só. Outra forma, para aqueles que moram só também, é chamar pra almoçar, num almoço feito por você, mulheres adoram ver os homens cozinhando, se não souber cozinhar, ligue para algum delivery e leia a receita do prato que você escolheu na internet, caso ela pergunte como foi feito também pode levar para algum barzinho, um bar calmo ou restaurante (de preferência bom), sem muita gente conhecida, que possam conversar, fazê-la rir e se sentir à vontade é primordial. Se ela beber, você estará à um passo da glória, mulheres depois de consumir álcool são bem mais suscetíveis ao sexo, claro que não é um fator obrigatório, mas facilita deveras. Se ela gosta de cinema, essa é uma boa pedida, o ruim do cinema, é que neste, não poderá haver muita conversa, muita sedução, a única coisa que você poderá fazer é tentar dar umas pegadas mais fortes durante os beijos, apertos na cintura, alisar o rosto, o pescoço, o cabelo durante um beijo são uma boa pedida, puxá-la em sua direção durante o beijo a faz supor, inconscientemente, que você a está puxando pra cima de você, e pode acreditar.. ela irá gostar. E, se puder, pague a conta.. é eu também odeio essa parte.

6 comentários:

Lily disse...

ora, ora, ora...
adoro esses sites onde os cafas expressam suas opiniões! hehehe

sobre o q vc falou: tudo tem bastante relevância!
mas eu odeio ir ao cinema com quem não fiquei ainda! quase nunca aceito!
e tb, só vou em barzinho qndo sei q a conversa com o cara pode render, senão, me chama pra algum showzinho que é melhor!

vou vir aqui mais vezes!

bjks

Anônimo disse...

Cafa...acho que ainda não sei o que é um cara bom de cama. Pq do jeito que li ai...é o cara dos meus sonhos!!!!Onde acho um desses hein?
Qt as músicas, boas. Gosto tb de john mayer - your body is a wonderland

Bia disse...

Ai, ai, essas coisas de beijos no pescoço, mordidas, puxadas para perto...
En-fim! Pulemos essa parte!

Sobre o que minha companheira Lily falou sobre cinema: concordo!
É o tipo de programa que, em minha opinião, não combina com ficadas descompromissadas, mas gosto é gosto, portanto, variam de pessoa pra pessoa!

Sobre sua última frase: pagar a conta forever and ever meu bem!

Bjux!

monalisa disse...

ahnm? 100% das mulheres que já fizeram sexo, obviamente já não são mais virgens... kkkk

Jony Guiri disse...

Muito bom o texto, discordo apenas de algumas coisas, mas porque são diferenças baseadas em experiências pessoais. Vale ressaltar que "o convite" muitas vezes são feitos por elas, mesmo antes de entendermos a situação, e tudo que é preciso é formalizar. Certa vez uma guria me abordou em uma biblioteca, para "pedir ajuda/informações", como se pelo simples fato dela ser ruiva de olhos verdes ela fosse obter sucesso. E de fato ela obteve sucesso, logo depois de um breve diálogo, fiz-lhe um convite formal para irmos a um barzinho mais reservado. Afinal nesse momento, a senhora do balcão de empréstimos já olhava feio para mim, e eu não queria perder a carteira da biblioteca. O que aconteceu depois? 2 anos de namoro e um quase noivado... Fui salvo pelo gongo!

Anônimo disse...

Cara, sobre filme/cinema no primeiro encontro, depende da situação.
O lado bom é que o convite deixa bem claro que você não quer ser amiguinho dela, mas o lado ruim é que é um local de pouca conversa para um primeiro encontro. Acho cinema um convite pra ser feito para um segundo encontro, se ela topar é porque gostou do primeiro. É uma espécie de aprovação.